Veja se você está colaborando para um trânsito seguro

21/11/2017
Veja se você está colaborando para um trânsito seguro

Muito se tem falado, já há bastante tempo, sobre a questão da segurança no trânsito. No Brasil, esse tema parece não sair dos holofotes, tendo em vista a frequência com que vemos casos de acidentes com feridos ou mortos nas vias do país.

Atualmente, nosso país aparece em 5º lugar no ranking de acidentes com morte no trânsito, segundo pesquisa realizada pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Ainda sobre os dados dessa triste estatística, temos o trânsito como o 9º principal causador de mortes no mundo.

Mas será mesmo que o trânsito é o verdadeiro culpado por tantas tragédias? Não podemos esquecer de que existem regras que determinam a melhor maneira de utilizá-lo, de modo a, principalmente, zelar pela vida do ser humano.

Em vista disso, faço o seguinte questionamento: você sente que está colaborando para a manutenção da segurança no trânsito?

Para ajudá-lo a chegar a uma resposta, apresentarei, no decorrer deste artigo, algumas dicas úteis que, sem dúvida, ajudam a formar um trânsito em que as pessoas se sintam mais protegidas.

Direção defensiva: o que é e para que serve?

É provável que você já tenha ouvido falar sobre direção defensiva. Talvez, ainda não tenha parado para pensar a que se refere esse termo e, além disso, qual a sua importância para o trânsito.

Pois bem, direção defensiva diz respeito à forma como o motorista dirige seu veículo, prestando a devida atenção a tudo o que acontece ao seu redor e com o seu automóvel.

A importância de dirigir defensivamente se dá devido à antecipação de atitudes que podem evitar um acidente em casos de surpresas que cruzam nosso caminho enquanto estamos realizando o percurso.

Assim, caso uma criança atravesse a rua repentinamente, por exemplo, se o condutor estiver dirigindo defensivamente, é muito provável que terá tempo hábil para frear o veículo e evitar que o pior aconteça.

Atitudes para a segurança no trânsito começam antes mesmo de sair de casa

Um condutor responsável e cauteloso é aquele que dá atenção a todos os detalhes que envolvem sua atuação como motorista.

Sua responsabilidade começa antes mesmo da saída com o veículo, pois existem cuidados a serem tomados com o automóvel para garantir seu bom funcionamento.

Tais precauções estão previstas até mesmo no Código de Trânsito Brasileiro (CTB). Se olharmos o artigo 27 do CTB, vemos, de forma clara, o que diz a Lei a respeito das normas para a circulação do veículo:

“Art. 27 - Antes de colocar o veículo em circulação nas vias públicas, o condutor deverá verificar a existência e as boas condições de funcionamento dos equipamentos de uso obrigatório, bem como assegurar-se da existência de combustível suficiente para chegar ao local de destino.”

Para complementar nossa discussão sobre segurança no trânsito, considero interessante mencionar o Manual de Direção Defensiva, produzido pelo Departamento Nacional de Trânsito (DENATRAN).

Gostaria de listar alguns itens que requerem frequente verificação, pois são componentes muito importantes que, em caso de pane ou mau funcionamento, podem ocasionar acidentes. Veja quais elementos precisam de revisão periódica:

1.  Combustível

2.  Nível de óleo do motor, da direção, da caixa de embreagem e dos freios

3.  Faróis e lanternas

4.  Pneus

5.  Palhetas do limpador

6.  Água do radiador

Além desses itens, há outros de extrema importância, sem os quais o ato de dirigir acaba ficando mais perigoso ou, ainda, a resolução de um imprevisto pode ser mais complicada, causando riscos aos demais condutores.

Estou falando, claro, do cinto de segurança, do macaco, do triângulo e do estepe. Estes utensílios possuem papel fundamental, pois sabemos que o principal objetivo do cinto é salvar vidas. Os demais equipamentos auxiliam na sinalização e reparos em casos de imprevistos com o veículo.

Dicas valiosas para um trânsito mais seguro

A partir de agora, trago algumas dicas que considero extremamente importantes para a manutenção da segurança no trânsito. Acompanhe com atenção, pois elas, definitivamente, podem salvar sua vida e as de outras pessoas.

1.Não dirigir sonolento: essa dica vai para aquelas pessoas que preferem ou precisam dirigir à noite. Quando entramos em estado de sonolência, nossos reflexos diminuem e isso prejudica a condução.

2.Cuidar as crianças no veículo: não deixe dar atenção às crianças no veículo. Elas devem estar devidamente sentadas nos assentos adequados à sua faixa-etária. Crianças no colo ou em lugares inadequados no veículo podem causar graves consequências.

3.Não dirigir após beber: essa já não é nenhuma novidade. Pessoas com suas capacidades psicológicas alteradas pelo consumo de álcool podem causar danos irreparáveis no trânsito.

4.Motociclistas também devem tomar cuidado: os motociclistas não podem esquecer que existem equipamentos importantíssimos para a sua segurança, como o capacete, por exemplo. Esse e outros itens podem salvar suas vidas em casos de acidentes.

Por fim, gostaria de lembrar que cada ato irresponsável no trânsito pode gerar graves acidentes e, na melhor das hipóteses, aplicação de penalidades, como multas e pontos na carteira.

Fonte: O Tempo


Comente isso! Comentar

  • Não existem comentários ainda, clique em comentar e seja o primeiro!