Presidente da frente e autor da Lei Seca alerta sobre aumento do número de mortes nas estradas no carnaval

02/03/2017
Presidente da frente e autor da Lei Seca alerta sobre aumento do número de mortes nas estradas no carnaval
Foto: Márcio Alves - Agência Globo.

O presidente da Frente Parlamentar em Defesa do Trânsito Seguro e autor da Lei Seca, o deputado federal Hugo Leal, afirmou, nesta quinta (02/03), serem "muito alarmantes" os dados divulgados pela Polícia Rodoviária Federal que, em balanço parcial, indicou um aumento de 30% no número de mortes nas rodovias federais durante o Carnaval. Pelo balanço da PRF,106 pessoas morreram nas BRs do país nos primeiros quatro dias de Carnaval, em comparação com as 81 mortes registradas no mesmo período de 2016. Ultrapassagens ilegais e alta velocidade foram as principais causas de acidentes e mortes nas estradas, mas a PRF também registrou aumento no índice de embriaguez ao volante. 

Em quatro dias de operação, a PRF registrou quase sete mil ultrapassagens proibidas pelo país, 16% a mais que no ano passado. "Temos que ligar o sinal de alerta porque não podemos permitir uma nova escala de mortes no trânsito", afirmou o deputado, autor da Lei Seca e presidente da Frente Parlamentar em Defesa do Trânsito Seguro.

Hugo Leal voltou a defender a criação de uma agência nacional de segurança viária para integrar e coordenar as ações de trânsito e fiscalizar a execução das determinações do Código Brasileiro de Trânsito por estados e municípios. "No Brasil, existe um enorme quantitativo de órgãos que cuidam de questões relacionadas ao trânsito. Cada um tenta fazer a sua parte, mas há dificuldade de integração, o que é fundamental. `Precisamos de um agência nacional que fique responsável por centralizar, integrar e fiscalizar”, argumentou.

 

Comente isso! Comentar

  • Não existem comentários ainda, clique em comentar e seja o primeiro!