O uso do “conhecimento” no trânsito

08/08/2014
O uso do “conhecimento” no trânsito

O uso do “conhecimento” no trânsito

Fonte: Portal do trânsito

O conhecimento faz parte dos elementos utilizados nas técnicas de Direção e Pilotagem Defensiva. É fundamental que o condutor defensivo conheça: as leis e normas de trânsito, as particularidades do veículo, seus equipamentos e acessórios, além das condições adversas e a maneira correta de enfrentá-las. “Todos esses componentes juntos fazem com que o condutor tenha mais segurança ao dirigir”, afirma Celso Alves Mariano, especialista em trânsito e diretor da Tecnodata Educacional.

 

O objetivo da legislação e das regras de circulação e conduta é a segurança no trânsito, assim como as técnicas de direção e pilotagem defensiva.  Porém, estas leis e normas estão em constante atualização. “Por este motivo é importante que o condutor mantenha-se antenado com a legislação vigente, pois está mais do que provado que quem não conhece as regras causa mais acidentes”, explica Mariano.

 

Conhecer o veículo

A prevenção de acidentes passa pelo conhecimento do veículo. Além disso, condutores e proprietários são responsáveis por acidentes provocados por má conservação do veículo.  “Antes de pegar um veículo, é importante estudá-lo, pois as funções e a localização dos comandos não são iguais em todos os veículos”, diz o especialista. O manual do proprietário contém informações importantes sobre o veículo e seus equipamentos e precisa ser realmente lido. Quando o veículo é novo ou desconhecido, é importante redobrar a atenção.

Os itens que interferem diretamente na segurança dos veículos e devem ser observados frequentemente são: direção, freios, suspensão, pneus, faróis, lanternas, sinalizadores, limpadores de para-brisas e buzina.

 

Condições Adversas

No trânsito alguns fatores ou combinações de fatores contribuem para aumentar as situações de risco no trânsito, podendo comprometer a segurança. Segundo o especialista, para dirigir defensivamente o condutor deve ser capaz de identificar os riscos e agir corretamente diante dessas situações.

As principais condições adversas presentes no trânsito são: iluminação, tempo, vias, trânsito, veículo, cargas, passageiros e condutor. “Para cada uma delas, existem procedimentos adequados para adotar diante das situações de risco”, conclui Mariano.

Comente isso! Comentar

  • Não existem comentários ainda, clique em comentar e seja o primeiro!