É preciso valorizar nossa Polícia Rodoviária

11/06/2014
É preciso valorizar nossa Polícia Rodoviária

Artigo: É preciso valorizar nossa Polícia Rodoviária

 

Líder do PSB na Câmara, Beto Albuquerque é um dos fundadores da Frente Parlamentar em Defesa da PRF.

 

É desnecessário dizer ou repetir que é muito importante para a sociedade que os governos invistam nas suas Polícias. Todas elas. Mas preciso destacar o papel importante que a Policia Rodoviária, Federal e Estadual, desenvolvem em nosso país.

Todos os dias morrem cerca de 100 brasileiros no trânsito! No ano são quase 40 mil. Uma tragédia sem comparações, maior do que as piores e horrendas guerras. Claro, metade morrem nas ruas e avenidas das cidades onde atropelamentos, acidentes com motociclistas e bebedeira no volante se destacam com os patrocinadores das tragédias. Por isso as operações das baladas seguras são importantíssimas.

Mas nas nossas rodovias, a imprudência e o crime campeiam! Alta velocidade, ultrapassagens em local proibido e ingestão de bebidas formam um tripé decisivo para a perda de tantas vidas. Não bastasse isso, cargas e veículos roubados e tráfico de drogas rodam sobre nossas estradas diariamente. O Brasil paga muito caro por tudo isso!

As perdas econômicas em vidas ceifadas precocemente no trânsito, muitas delas de jovens, se multiplicam com aposentadorias por invalidez que inflam o déficit previdenciário no país e com os gastos bilionários em internações hospitalares. Calcula-se em cerca de 20 bilhões/ano os gastos no Brasil com a carnificina no trânsito. Se somarmos a isto a praga das drogas na sociedade e os prejuízos do roubo de carros e cargas vamos a números estratosféricos.

Por isso, é muito difícil entender o descaso ou a desimportância dos governos com as polícias rodoviárias, tanto no baixo efetivo policial quanto na falta de estrutura e nos baixos salários.

O baixo efetivo de policiais nas estradas e a pouca valorização destes profissionais são uma injeção na veia do crime e da imprudência. Há uma certeza de impunidade quando se sabe que é muito raro ser abordado nas estradas! Mais policiais nas estradas é necessário e urgente.

A impunidade no trânsito e o crime nas nossas estradas só se combate verdadeiramente com fiscalização permanente e abordagem presencial das Polícias.

Beto Albuquerque

 

Comente isso! Comentar

  • Não existem comentários ainda, clique em comentar e seja o primeiro!