Boletim Estatístico do Seguro DPVAT do primeiro bimestre de 2018

22/03/2018
Boletim Estatístico do Seguro DPVAT do primeiro bimestre de 2018

Imagine a seguinte cena: você entra no estádio do Maracanã e observa que metade do público é formado por pessoas que estão inválidas permanentemente. E se a gente te contar que esse é o retrato do trânsito brasileiro apenas nos últimos dois meses? É isso mesmo: de acordo com o Boletim Estatístico de Fevereiro da Seguradora Líder, 40.463 das 56.581 indenizações pagas pela Seguradora Líder no primeiro bimestre de 2018 foram destinadas à invalidez permanente.

Mas não é só isso, pessoal: nesse post, você vai ficar por dentro de muitos outros números que fizeram parte do universo das estatísticas do Seguro DPVAT nos últimos dois meses. Confira!

Invalidez permanente: 71% das indenizações pagas nos primeiros meses do ano

Vamos começar falando sobre os números alarmantes de indenizações pagas por invalidez permanente e não poderia ser diferente, pessoal. Somente nos meses de janeiro e fevereiro, esse tipo de indenização foi paga para 40.463 pessoas, um valor que corresponde a 71% do número total de indenizações pagas, que chegou a 56.581 no primeiro bimestre. E a galera da motoca, mais uma vez, foi a grande prejudicada: das indenizações pagas no período para acidentes com motocicletas, 76% foram para invalidez permanente e 7% para morte. =(

Indenizações por morte: redução que merece atenção

No trânsito e fora dele, toda vida vale muito! E as indenizações pagas por morte, apesar de registrar uma participação menor na quantidade de indenizações em relação às demais coberturas (11%) no último bimestre, ainda merece a nossa atenção. Você sabia que, do total de indenizações pagas por morte, 56% foram destinadas aos motoristas?

Pedestre, também vale ficar de olho!

Apesar dos motoristas terem ficado em primeiro lugar no ranking de indenizações pagas por acidentes fatais no período, isso não é motivo para os pedestres se descuidarem. Somente em janeiro e em fevereiro, 1.622 pedestres perderam a vida devido a acidentes de trânsito. Imagina quantos sonhos deixados pela estrada, hein, pessoal? Por isso, a gente reforça o recado para os pedestres: atenção e cuidado são uma dobradinha que nunca falha!

Comente isso! Comentar

  • Não existem comentários ainda, clique em comentar e seja o primeiro!