No Rio, Operação Lei Seca estuda incorporar Policiais Civis

No Rio, Operação Lei Seca estuda incorporar Policiais Civis

A integração da Polícia Civil aos trabalhos da Operação  Lei Seca.

Este foi um dos temas da reunião realizada na manhã desta segunda-feira (5 de outubro).

O encontro contou com as participações do deputado federal Hugo  Leal (PROS-RJ), autor da  Lei Seca e presidente da Frente Parlamentar em Defesa do Trânsito Seguro, o chefe da Polícia Civil, delegado Fernando Veloso, o delegado Rafael Menezes, e o assessor de Relações Institucionais da Polícia Civil, delegado Gilbert Stivanello, além do coronel Felipe.

A ideia é  incrementar as ações de fiscalização nas blitzes com a participação de policiais civis, que passariam integrar as equipes, formadas atualmente por policiais militares e pessoal do DETRAN-RJ.

O plano também prevê a padronização de procedimentos.

A Lei Seca no Rio de  Janeiro é considerada um dos exemplos para todo o Brasil. Este ano, as operações atingiram a marca de dois milhões de motoristas fiscalizados.

Além disso, as ações são responsáveis pela redução de 32% no número de mortes e de 13% na quantidade de internações hospitalares.

Mais de 97% dos motoristas ouvidos em pesquisa apoiam o uso dos bafômetros nas operações do Rio de Janeiro.

Comente isso! Comentar

  • Não existem comentários ainda, clique em comentar e seja o primeiro!