Hugo defende mais fiscalização da Saúde sobre recursos do DPVAT

Hugo defende mais fiscalização da Saúde sobre recursos do DPVAT

O deputado Hugo Leal (PSB/RJ) participou, nesta terça-feira (9), de audiência pública promovida pela Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do DPVAT, que ouviu o ministro da Saúde, Ricardo Barros. Em resposta ao deputado Hugo Leal, o ministro Ricardo Barros admitiu que o Ministério da Saúde não acompanha a aplicação dos recursos do DPVAT e elogiou a sugestão do parlamentar para que isso seja implementado. Leal também falou sobre a importância da conectividade das informações entre os vários sistemas de saúde. "Precisamos de mais informações e mais fiscalização", defendeu Hugo Leal, presidente da Frente Parlamentar pelo Trânsito Seguro. O ministro concordou. “A informatização é uma das prioridades do ministério, principalmente como instrumento para acompanhar o recebimento da indenização do DPVAT pelo usuário”, afirmou Ricardo Barros. Ele acredita ainda que possíveis fraudes possam ser detectadas por meio da informatização.

Em resposta a questionamentos de parlamentares, o ministro afirmou que educação para o trânsito é essencial para diminuir o número de mortes no trânsito no Brasil e os prejuízos significativos para a sociedade. Dados da Organização Mundial da Saúde apontam que 1,2 milhão de pessoas morrem em estradas no mundo todo, anualmente.

Ricardo Barros informou que o Ministério está estudando a implantação de um mecanismo pelo SUS para que o usuário dê um retorno ao órgão público sobre o atendimento recebido em razão de acidentes de trânsito. “O usuário receberá uma mensagem para avaliar o atendimento recebido. E, dessa forma, o próprio usuário pode informar o ministério sobre procedimentos que não ocorreram”, exemplificou o ministro.

O ministro ressaltou que campanhas de conscientização pública conseguiram estabilizar o número de mortes em acidentes no Brasil, apesar do aumento da população. O deputado Hugo Leal alertou que o ministério da saúde precisa assumir a questão da redução dos acidentes, investindo em educação e prevenção. 

Fotos: Lucio Bernardo Junior / Câmara dos Deputados

Comente isso! Comentar

  • Não existem comentários ainda, clique em comentar e seja o primeiro!