Brasil deve ter sinais de trânsito sonoros a partir de 2020

Brasil deve ter sinais de trânsito sonoros a partir de 2020

O Conselho Nacional do Trânsito (Contran), órgão do Ministério das Cidades, aprovou uma resolução que padroniza e regulamenta os sinais de trânsito sonoros para ajudar as pessoas com deficiência visual no Brasil. Uma das mudanças que entrarão em vigor a partir de janeiro de 2020 é a identificação dos equipamentos com sinalização em braille e alerta com mensagem verbal para orientar o pedestre.

Para João Felippe, especialista em orientação e mobilidade da Associação Brasileira de Assistência à Pessoa com Deficiência Visual, a norma reforça os direitos previstos na Lei Brasileira de Inclusão. "A falta de estrutura das cidades sempre foi um impeditivo para propiciar um contexto favorável no processo de inclusão e participação social. A nova regulamentação é, com certeza, um avanço importante para a sociedade", comenta Felippe.

Segundo o especialista, os equipamentos não auxiliam apenas a cegos ou quem tem baixa visão, já que são importantes também para pedestres distraídos e até mesmo os idosos. "Se somar a sinalização visual ao alerta sonoro é possível melhorar a segurança de todos. Imagine se alguém for atravessar um cruzamento mexendo no celular e não prestar a atenção, ou seja, a orientação do som irá beneficiá-lo", afirma João Felippe.

Com a nova legislação dos semáforos sonoros, a tendência é que o Brasil suba de posição no ranking do Social Progress Imperative – índice que avalia o progresso social em várias nações do mundo. Hoje, o país ocupa a 43ª colocação na lista, que tem como líderes a Dinamarca, a Finlândia e a Islândia, respectivamente.

Fonte: Revista Encontro.

Comente isso! Comentar

  • Não existem comentários ainda, clique em comentar e seja o primeiro!